Base aliada do prefeito eleito em São Tiago é maioria na Câmara

Picão. Ele chegou lá e com votação expressiva (Fotos: Douglas Caputo)
Picão. Ele chegou lá e com votação expressiva (Fotos: Douglas Caputo)

Os candidatos coligados a Denilson Silva Reis (PSDB) surpreenderam nas urnas e conseguiram sete das nove cadeiras do Legislativo. Isso pode ser um facilitador para a governabilidade do novo prefeito

À medida que as urnas iam sendo apuradas, a ansiedade aumentava entre os 51 candidatos às nove vagas para vereadores do município de São Tiago. Isso porque os parlamentares dependem do número de votos que o partido recebe para confirmar a eleição.

Empatados no número de votos válidos (6.759), João Bolero (PRTB) e Picão (PSDB) foram confirmados por 460 eleitores, ambos em primeiro lugar. O terceiro candidato mais votado foi Vanderlei Cardoso (PSB), com 381 votos. Ele foi seguido por Geetânia do Jorge (PSDB), com 316 votos.

Em quito lugar, foi reeleito o vereador Guaraci Vieira (PSDB), com 265 votos. Outro tucano, só que de Mercês de Água Limpa, foi Dinho do Mané (PSDB), com 258 confirmações.

Já em sétimo lugar aparece o candidato Rand (PSB), com aprovação de 247 eleitores. Do povoado do Cajengá, João Bosco (PMDB) conquistou 202 votos. Quem fecha a casa legislativa é o vereador reeleito José da Magela, com 183 votos.

Dos atuais vereadores que tentaram reeleição, Eduardo Martins (PSDB), Cristóvão do Enir (DEM) e Nilsinho Pacheco não conseguiram se reeleger.

Como se elege um vereador    

Em uma cidade com 100 mil habitantes, a Câmara tem 17 vagas. Se os votos válidos somam 85 mil, o quociente eleitoral é de cinco mil votos (85 mil dividido por 17).

Se uma coligação consegue 20 mil votos, tem direito a eleger quatro vereadores (20 mil dividido por 5 mil). Os mais votados da coligação.

Por essa conta, um candidato com poucos votos pode chegar a ser eleito, se fizer parte de uma coligação que conte com um “puxador de votos”. Por isso é que candidatos com mais votos que os eleitos podem não conquistar a vitória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *