cruzeiro-vence-tupi
Promessa não marcou (Fotos:Bruno Haddad/Cruzeiro

(Kelison Ribeiro) Cruzeiro vence com facilidade, por 2 a 0, o juiz-forano Tupi, durante estreia do Mineiro 2018. Mais de 40 mil pessoas estiveram no Mineirão para rever o atacante Fred na equipe Celeste. No final de 2017, o boleiro saiu do arquirrival Atlético e voltou para a Toca da Raposa.

Aproveitando o entrosamento da equipe, graças à permanência dos principais jogadores e do técnico Mano Meneses, o Cruzeiro apresentou um bom futebol. Troca de passes compacta, com qualidade e agredindo o adversário. O que garantiu a vitória fácil da Raposa.

Ao aproveitar a superioridade técnica e tática, a equipe de belo-horizontina começou pressionando e, logo aos 3 minutos de jogo, o reestreante Egídio chutou forte e quase marcou o primeiro gol do jogo.

cruzeiro-vence-tupi
Jogo amarrado na primeira etapa

Aos 8 minutos, Robinho e Arrascaeta fizeram grande jogada, e o atacante Fred, que trocou o Atlético-MG pelo Cruzeiro, quase marcou.

Aos 21 minutos, em boa trama do ataque celeste pela direita, Robinho cruzou e o lateral Egídio cabeceou forte, obrigando o goleiro Rodrigo Vilar a fazer ótima defesa.

O Cruzeiro continuou pressionando. Aos 34 minutos do primeiro tempo, o bandeirinha Pedro Araújo anulou um gol legitimo do Cruzeiro. O auxiliante marcou impedimento inexistente de Fred.

O Cruzeiro apresentava um maior volume de jogo e uma maior qualidade técnica em comparação com o adversário. O time merecia ter tido melhor sorte no jogo, mas o primeiro tempo terminou empatado.

Cruzeiro domina segunda etapa

cruzeiro-vence-tupi
Robinho foi destaque da noite no Mineirão

O segundo tempo começa com o Cruzeiro pressionando. Aos 8 minutos, depois de uma jogada envolvente, Robinho, o grande destaque da partida, recebeu livre na área e bateu no ângulo, não dando chance para o goleiro Rodrigo Villar.

O Cruzeiro continuou pressionando. Numa bela trama entre Fred e Robinho, o centroavante azul perdeu ótima chance para ampliar aos 10 minutos. Logo em seguida, o volante Henrique, em ótimo chute, acertou a trave do goleiro do Galo Carijó.

A Raposa continuava implacável e em ótima estratégia de ataque. Robinho, imparável, colocou Henrique que driblou o goleiro e tocou para Rafinha marcar um lindo um gol de letra. Placar para 2 a 0 para o Cruzeiro.

Tentando melhorar o desempenho do Tupi, o técnico Alexandre Barroso tirou Rodrigo Dias e colocou João Vitor, mas a equipe de BH continuava melhor e o Cruzeiro mais próximo de marcar o terceiro gol.

Aos 25 minutos, Mano Menezes tirou Robinho, destaque da partida, para promover a estreia de Bruno Silva que foi contratado junto ao Botafogo.

(Foto: Mourão Panda/América)
Coelho decepcionou em casa (Foto: Mourão Panda/América)

Outro destaque do jogo, Rafinha, aos 32 minutos, deu lugar a Tiago Neves. A partir desse momento, com o placar favorável, a equipe celeste começou a administrar o placar, tocando a bola e reduzindo a intensidade ate´os 48 minutos.

O Cruzeiro estreou muito bem no Mineiro. Mostrou um ótimo futebol, digno de um forte candidato ao título. Além disso, ele vem forte para as competições nacionais e internacionais. Pela qualidade do elenco, pode até sonhar com algum título este ano.

Ainda pela primeira rodada, o América venceu por 2 a 1 a Patrocinense, no Independência. A Tombense venceu o Vila Nova por 1 a 0 no Estádio Antônio Guimarães de Almeida. No Parque do Sabiá, o Uberlândia perdeu em casa por 2 a 0 para a URT.

Outro que derrotado em seus domínios foi o Democrata, de Governador Valadares. O time perdeu de 2 a 0 para a Caldense, no Estádio Mammoud Abas.

Zebra no Paulista

cruzeiro-vence-tupi
Zebra (Foto:Daniel Augusto/ Ag. Corinthians)

Na estreia no campeonato paulista, o Corinthians, último campeão brasileiro, perdeu em casa, no Pacaembu, para a Ponte Preta, por 1 a 0.

O Gol da Macaca de Campinas foi marcado por Felipe Saraiva, aos 22 do segundo tempo.

O detalhe é que a Ponte Preta jogou todo a etapa final com um jogador a menos, já que o atacante Wanderson foi expulso aos 43 minutos do primeiro tempo.

 

*Kelison Ribeiro é doutor em neuro-física e

observador do futebol brasileiro

Siga o TREM

→ No Twitterhttps://goo.gl/6ZYWzc

→ No Instagramhttps://goo.gl/1Ez5UM

→ No YouTubehttps://goo.gl/afzw13

trem-de-ler

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *