Eleitores de Antônio Carlos e Ibertioga voltam às urnas

Eleitores de Antônio Carlos e Ibertioga escolheram novos prefeitos depois da Justiça Eleitoral indeferir registro de candidaturas dos mais votados em 2020 pelo mesmo motivo, rejeição de contas

Eleitores de Antônio Carlos e Ibertioga
Dia tranquilo de votação em Ibertioga

Eleitores de Antônio Carlos e Ibertioga, cidades vizinhas a Barbacena, elegeram novos prefeitos nesse domingo (1º). A eleição suplementar ocorreu porque os eleitos de 2020 tiveram suas contas rejeitadas.

Em Antônio Carlos, o novo prefeito é Marcelo Ribeiro (PSDB) e o vice, Cinho (PP). A chapa obteve 4.246 votos (60,06% dos votos válidos). Os candidatos Herbert (PTC) e Dimas Sales (MDB) tiveram 2.738 (38,73%). Já Precata e Irene (DEM) registraram 86 (1,22%).

Segundo o Tribunal Regional Eleitora (TER) de Minas Gerais, as eleições de Antônio Carlos aconteceram depois que o registro da candidatura da então prefeita, Araci Cristina Araújo Carvalho, foi indeferido.

Conforme o TRE, Araci teve as contas dos anos de 2005, 2006 e 2012 – quando era prefeita da cidade – rejeitadas pela Câmara Municipal.

Leia também: São Tiago vai receber R$1 milhão por meio de acordo entre a Vale e o Estado

Já em Ibertioga, o novo prefeito é Ricardo (Patriota) e o vice, Pedrinho (PT). Eles conquistaram 2.129 votos (54,46% dos votos válidos). Em segundo lugar, ficaram Juquinha (PTB) e Jaeder (PV), com 1.780 votos (45,54% dos votos válidos).

A nova eleição em Ibertioga aconteceu pelo mesmo motivo de Antônio Carlos, rejeição de contas. Sebastião Rodrigues Monteiro teve as contas de 2003, ano em que foi prefeito, rejeitadas pela Câmara Municipal.

Abstenção de eleitores

Segundo o TRE, as eleições foram tranquilas nos dois municípios. Em Antônio Carlos, dos 9.485 eleitores aptos, 21,13% se abstiveram. Ao passo que em Ibertioga a abstenção foi de 16,97% entre os 4.887 eleitores.

Por isso, os eleitores que não compareceram às urnas têm até 30 de setembro – 60 dias após as eleições – para justificarem sua ausência. A justificativa deve ser feita pelo aplicativo e-Título ou no Sistema Justifica.

Outros três municípios mineiros já tiveram eleições suplementares em 2021: Campestre e Espera Feliz, dia 13 de junho, e São Gonçalo do Sapucaí, dia 04 de julho. Em Pedra do Anta, nova votação ocorre dia 12 de setembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar mensagem