Feriadão Santo exige cuidado redobrado nas estradas

13-02_policia_federal
Todo cuidado é pouco (imagem da internet)

Excesso de veículos e imprudência são as principais causas de acidentes durante feriado nas estradas mineiras. Além das condições do veículo, cautela nas pistas pode evitar tragédias

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) alerta os motoristas que vão pegar estrada no feriadão de Semana Santa. Entre meia-noite de quinta-feira (24) até às 23h59 de domingo (27), militares realizam operação especial para evitar acidentes.

Por conta de obras, a Fernão Dias (BR-381) pede atenção redobrada. Quem for trafegar pelo km 588, perto de Carmópolis de Minas, deve ficar atento com  sinalização das obras, desvios e alterações na via. Durante o feriado as intervenções estarão paralisadas no local.

Segundo a chefe da Assessoria de Comunicação Organizacional do Batalhão da PRE, tenente Grazielly Oliveira, outro ponto crítico das estradas mineiras é o Anel Rodoviário de BH, que engloba as rodovias BR-262 e BR-381, e segue até a confluência com a BR-040.

Também merecem atenção as estradas MG-010, MG-424, LMG-808, MG-040, MG-030 e MGC-262, que ligam BH às cidades históricas e com tradição religiosa.

No ano passado, foram 25 mortes nas Estradas Federais durante a Semana Santa. Queda de 21,8%, se comparado a 2014, quando os acidentes vitimaram  32 pessoas.

Precaução

A tenente Grazielly comenta ainda que a imprudência é a grande responsável pelos acidentes. Motoristas apressadinhos, falta de revisão nos veículos e cuidado especial para o assento das crianças são os grandes vilões.

“É sempre bom estar com a revisão do veículo em dia, consultar a previsão do tempo e checar a situação do trajeto escolhido. A maior parte dos acidentes é provocada nas ultrapassagens”, completa Grazielly.

Em caso de acidentes em rodovias estaduais, o recomendado é acionar a Polícia Militar Rodoviária pelo telefone 190. Nas federais, o número de emergência é o 191.

Fonte: Agência Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *