Primeiro foragido dos 12 mais procurados de Minas é preso

foragido-mais-procurado-preso
Fim da linha para Leandrinho

O primeiro foragido da lista do Programa Procura-se foi preso pela Polícia Militar em Uberaba (Triângulo Mineiro). Conforme noticiado pelo Trem de Ler, eram 12 listados entre os mais procurados de Minas.

Segundo a Polícia Militar, a prisão de Carlos Leandro Faria (21) aconteceu no dia 20 de dezembro, mas só foi divulgada nessa segunda-feira (15), por questões estratégicas.

Carlos Leandro chamou a atenção de militares quando trafegava pelo Bairro Parque das Américas, em veículo clonado, junto com outros dois indivíduos, que também foram detidos.

Além do veículo clonado, cuja placa não coincidia com o chassi, foram apreendidos três celulares sem procedência e uma bucha de maconha.

Conhecido como Leandrinho, além da suspeita de envolvimento com explosões de caixas eletrônicos, ele também era procurado pela prática de homicídio na região de Uberaba.

O indivíduo ainda é suspeito em crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e receptação – todos na região do Triângulo.

Procura-se foragido

foragido-mais-procurado-preso
Agora faltam 11

O Procura-se busca a prisão de indivíduos foragidos da Justiça, com mandados de prisão em aberto, a partir da qualificação das ações das polícias e das inteligências por meio de denúncias ao 181.

Nesta edição, lançada no dia 13 de dezembro de 2017, os alvos foram escolhidos levando-se em conta a prática reiterada de crimes graves, como homicídio, roubo e tráfico de drogas e a relação com a prática de explosão de caixas eletrônicos no estado.

A divulgação dos procurados acontece em todos os 853 municípios mineiros e também em cidades de outros estados das áreas de divisas. A lista também está disponível na internet.

O acordo é o maior colegiado de segurança pública já existente voltado para planejamentos e ações conjuntas, num total de 22 estados envolvidos.

Conforme a Secretaria de Segurança Pública do Estado, na última edição do programa, que teve três diferentes listas entre os anos de 2011 e 2012, o resultado das ações prendeu 23 dos 29 foragidos.

Siga o TREM

→ No Twitterhttps://goo.gl/6ZYWzc

→ No Instagramhttps://goo.gl/1Ez5UM

→ No YouTubehttps://goo.gl/afzw13

trem-de-ler

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *