Inscrições para curso de bombeiro civil já estão abertas em São Tiago

A missão não é fácil, mas o desejo de salvar vidas ou atuar diante de situações arriscadas fala mais alto. Quem tem esse perfil pode fazer o curso de bombeiros civis para ajudar aqueles que pedem socorro

No curso de treinamento, bombeiros civis simulam atendimento a acidentado (Fotos: Abc-st)
No curso de treinamento, bombeiros civis simulam atendimento a acidentado (Fotos: Abcv-st)

A Associação de Bombeiros Civis Voluntários de São Tiago (Abcv-st) está com inscrições abertas para o curso de agentes que queiram ingressar no quadro da unidade local ou trabalhar em outras corporações do Brasil.

Os interessados devem procurar Abcv-st (R. Raul Soares – 425) ou entrar em contato pelos telefones (32) 9 9820-9696 ou (32) 9995-3736.

As aulas práticas e teóricas começam em janeiro e devem durar três meses (240h/aula). Os encontros são nos finais de semana com professor habilitado na formação de bombeiros.

Segundo o comandante da Abcv-st, Marciel Lara, ao término do curso, os alunos ganham certificado reconhecido pela Lei Federal 11.901 que regulamenta a profissão de bombeiro civil.

Além disso, os participantes do curso recebem carteirinha de identificação profissional. Ela permite aos formados atuar como bombeiro civil em todo território brasileiro.

Dificuldades

Bombeiros civis vão até Brasília para pedir ajuda para o grupamento continua na ativa em 2017
Bombeiros civis vão até Brasília para pedir ajuda para o grupamento continuar atuando em 2017

O ano de 2016 não foi nada fácil para a Abcv-st. Segundo o comandante Lara, para instituição continuar na ativa, foi preciso contar com ajuda da comunidade e até doar recursos próprios para a Associação.

“Foi preciso tirar dinheiro do próprio bolso além da ajuda dos sócios. O poder público municipal nos cedeu uma ambulância, mas o resto das despesas é por nossa conta”, afirma.

As dificuldades financeiras se transformam em motivação para o comandante. No final da semana passada ele viajou até Brasília para pedir ajuda a alguns deputados.

As conversas com os políticos deixaram o bombeiro otimista. “Deveremos conseguir recursos para investir na Abcv-st. O que vem em boa hora, já que nos faltam diversos materiais”, revela Lara.

Entre os itens que o grupamento precisa, estão roupas que permitem a aproximação de incêndio, material para combate a queimadas florestais, veículo para deslocamento e até mesmo kits de primeiros-socorros.               

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *