Curtas de baixo orçamento serão premiados (Imagem da internet)
Curtas de baixo orçamento serão premiados (Imagem da internet)

Produtores da sétima-arte em Minas Gerais estão convocados para o Prêmio do BDMG Cultural. O melhor de tudo é que a chamada é para curtas de baixo orçamento

“Uma câmera na mão e uma ideia na cabeça”. A frase do cineasta brasileiro Glauber Rocha traduz bem o objetivo do “3º Prêmio BDMG Cultural/FCS de Estímulo ao Curta-Metragem de Baixo Orçamento”. As inscrições ficam abertas até o dia 02 de maio.

As inscrições são gratuitas e podem ser enviadas pelos Correios (Av. Afonso Pena, 1.537, Centro, Belo Horizonte, Minas Gerais, CEP: 30.130-004) ou encaminhadas pessoalmente para o Palácio das Artes, na gerência de cinema. A ficha de inscrição está disponível no site do BDMG.

Podem participar do Prêmio diretores e produtores de cinema mineiros, ou residentes no estado há mais de dois anos. Duas categorias fazem parte do concurso. A “estreante”, que terá dois selecionados e prêmio de R$15 mil para cada produzir os filmes.

Já a categoria “Não Estreante”, contempla diretores que possuem experiência no mercado, com três ou mais obras cinematográficas lançadas. Também serão dois prêmios no valor de R$30 mil cada. Os vencedores exibirão seus curtas-metragens no Cine Humberto Mauro.

O prêmio já existe há três anos e quer fortalecer o cinema mineiro. Privilegiamos o “cinema de invenção”, conceito de Jairo Ferreira, que representa processos criativos com propostas estéticas e conceituais que utilizam meios de produção de baixo custo e popularizados pela tecnologia digital”, informa o site do BDMG/Cultural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *