Espaços antigos, (re) usos contemporâneos

mostra-paul-meurs-sao-joao-del-rei
Usos contemporâneos em espaços antigos (Foto/Diego Garcia)

O Museu Regional de São João del-Rei (MRSJ) está com as portas abertas para a exposição “Reuso na Holanda: reciclagem de patrimônio histórico”, do arquiteto holandês Paul Meurs. A mostra fica em cartaz até 22 de outubro. A entrada é gratuita (veja os horários abaixo).

A exposição reúne 15 painéis com fotografias e textos. Eles revelam 12 projetos arquitetônicos de edifícios holandeses que, após serem abandonados, foram recuperados e destinados a novos usos.

Não por acaso o objetivo da mostra é destacar locais do passado que ainda estão inseridos nas paisagens urbanas e que podem ter um uso contemporâneo. É caso de São João del-Rei, que além do casario colonial, possui edificações espalhadas pela cidade que fazem parte da história, mas que podem ter perdido a utilidade original.

“A exposição mostra a possibilidade de recuperar imóveis, cujo uso original foi descaracterizado. As fábricas de tecidos na Leite de Castro, por exemplo, ajudaram a construir a memória coletiva da cidade. É possível preservar essas estruturas com um uso moderno daquele espaço”, explica a professora do curso de Arquitetura e Urbanismo da UFSJ, Liziane Mangili.

A professora ressalta ainda que a preocupação não é tão somente focada na estética, como acontece com boa parte do Centro Histórico tombado de SJDR, “mas com a preservação de identidades que foram construídas a partir dos usos nessas estruturas urbanas que possuem grandes dimensões”, declara Liziane, que também organiza o evento no MRSJ.

Como na exposição, que mostra fábricas, caixas d’água, áreas de mineração com uma usabilidade criativa, São João del-Rei tem potencial para aproveitar cenários, entendidos como locais de ações dos moradores, para usos que atendam às necessidades atuais das pessoas.

Paul Meurs

reuso-na-holanda-museu-sao-joao-del-rei
Usos e identidades

O artista por trás da exposição é Paul Meurs, arquiteto e diretor do SteenhuisMeurs. Também especialista em arquitetura e urbanismo brasileiros desde 1986, publicou vários artigos e livros sobre conservação do patrimônio, reutilização (reuso), planejamento e desenvolvimento patrimonial.

De 2006 a 2016 foi professor da cadeira Patrimônio e Valores Culturais na Universidade de Tecnologia de Delft (Países Baixos) onde atualmente é professor convidado. A exposição de Meurs já passou por Brasília, Recife, São Paulo e Rio de Janeiro.

Horário da mostra

De segunda à sexta-feira, das 9h às 17h30.

Sábados, domingos e feriados, das 9h às 16h.

Clique aqui para saber mais sobre o Museu Regional de São João del-Rei

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *