Músico de São Tiago, Paulo Ribeiro investe no YouTube

Impedido de tocar pela pandemia, o músico de São Tiago Paulo Ribeiro começa a investir em conteúdo para a plataforma de streaming. Mas, vídeos serão diversificados, com destaque para processo de musicalização da filha de quase três anos, Fernanda Vidal da Mata Ribeiro

músico são-tiaguense
YouTube é novo palco de Paulo Ribeiro

O músico de São Tiago Paulo Ribeiro se prepara para entrar no universo dos YouTubers. Embora tenha um canal na rede de vídeos desde 2013, ele promete movimentar o streaming pessoal com produção de mais conteúdo.

No entanto, o canal não será apenas para lives, mas também para envios de vídeos de várias facetas musicais de Paulo Ribeiro. Além disso, o músico de São Tiago ressalta que a “grande estrela” será a filha, Fernanda Vidal da Mata Ribeiro.

Prestes a completar três anos, Fernanda já começou o processo de musicalização com o pai. Por isso, Paulo Ribeiro quer produzir conteúdo exclusivo do que pode ser o início da carreira musical da filha.

Aos 33 anos de idade, Paulo não começou tão cedo na música quanto a filha. Mas, desde 2002, quando tinha 15 anos, Paulo iniciou sua carreira musical.

Multi-instrumentista, o violão foi o primeiro instrumento do músico de São Tiago, que dedilhava as cordas em turmas de amigos. Mas, com o passar do tempo, ele aprendeu piano, flauta, bateria, percussão, canto, baixo e guitarra.

Carreira

Baterista do Vagão Progressivo quer diversificar conteúdo no YouTube

A primeira banda de garagem, a Fenix, foi criada ainda na adolescência. A formação inicial reunia os amigos Paulo Roberto, Aleks Campos, Cristiano Mata e João Paulo Toré.

No entanto, da garagem do amigo Aleks Campos, os ensaios foram para o Magnatas Club, sob a supervisão do também músico de São Tiago e empresário Flávio Ribeiro, a quem Paulo tem “muita gratidão”, pelo incentivo que Flávio dá aos músicos locais até hoje.

Mas, depois de alguns anos de estrada, a Kimew chegou ao fim. Surgia, então, o Vagão Progressivo, banda dedicada ao rock internacional. Estilo, aliás, que sempre marcou a carreira do músico de São Tiago.

Conforme Paulo, junto ao Vagão, ele trabalhou por oito anos como orientador musical do Centro Artístico e Cultural. Ele ainda chegou a cursar dois anos Música na UFSJ, mas teve que trancar a faculdade quando se mudou para Congonhas, em 2013.

Atualmente, Paulo mora em Piracema, cidade distante quase 110 quilômetros de São Tiago. E é de lá que o músico conta um pouco da nova fase da carreira que, de acordo com Paulo, ganha o ambiente virtual.

Entrevista

músico de são tiago
Musicalização da filha será um dos focos do canal

Trem de Ler: O canal já existe há algum tempo. Qual é a mudança que você está programando para essa nova fase como músico?

Paulo Ribeiro: Quero inserir algumas coisas do meu trabalho musical e o pontapé da musicalização da minha filha Fernanda. Basicamente será isso. Também vou postar momentos da banda Vagão Progressivo como ensaios, bastidores de shows, momentos de distração, entre outras coisas. Em breve, farei minha primeira live, que será transmitida pelo canal.

TDL: O que te motivou retomar o canal?

PR: Eu estou sempre disposto ao novo, isso me chama atenção. Sem falar que toda situação da pandemia também me encorajou a botar lenha na fogueira do canal.

O Paulinho do Vagão é baterista e não terá muito espaço no meu canal. Meu projeto é voltado mais para diversificação dos vídeos, usufruindo um pouco mais dos meus outros instrumentos e aptidões em outras áreas”

TDL: Como a pandemia impacta na sua carreira?

PR: A pandemia travou tudo. Minha renda não vem da música, trabalho em outras áreas, trabalhei em Congonhas por anos, em empresas de transporte e mineração. Durante a pandemia, estudei, pesquisei e continuo buscando melhorar meus conhecimentos em todos os aspectos. Tenho alguns trabalhos solos, sem finalização e com um pouco de receio em divulgar, sou assim.

TDL: A classe artística é a que mais sofre com a pandemia. Você acredita que o canal pode contribuir com a renda familiar? Além disso, será possível fazer doações, pagar um cachê virtual?

PR: Sim, pode ser que contribua. É um ótimo meio para divulgação do trabalho musical. Será possível fazer pagamentos virtualmente, via Pix.

TDL: Os atuais e futuros seguidores vão visualizar o Paulinho do Vagão, ou você vai trazer novidades musicais?

PR: Não, o Paulinho do Vagão é baterista e não terá muito espaço no meu canal (risos). Meu projeto é voltado mais para diversificação dos vídeos, usufruindo um pouco mais dos meus outros instrumentos e aptidões em outras áreas, além da inicialização musical da minha filha, Nanda.

A Nanda é meu luxo. Ela, sem dúvida alguma, será a estrela do canal. Ela tem muita facilidade e já percebo que pode se destacar, sendo bem orientada e direcionada”.

TDL: Haverá transmissões especiais, dedicadas há um artista ou banda? Aliás, o canal será só de lives ou haverá vídeos gravados e editados?

PR: Sim, farei lives com tributos específicos a álbuns de grandes bandas nacionais e internacionais. O canal não será só de lives, pelo contrário, elas vão compor um pequeno arquivo do canal. Terá mais vídeos e trajetória da minha carreira, com material editado.

TDL: Você tem destacado sua filha nessa nova fase do canal. Qual a relação dela com a música e com o streaming?

PR: A Nanda é meu luxo, ela tem 2 anos e 10 meses. A música sempre fez parte do cotidiano dela, desde que minha esposa Luciana estava grávida, sempre inserimos música e arte. Ela, sem dúvida alguma, será a estrela do canal. Postarei o início da aprendizagem musical dela. Nanda tem muita facilidade e já percebo que pode se destacar, sendo bem orientada e direcionada.

TDL: Como está a movimentação do canal?

PR: Os vídeos já estão sendo enviados e a primeira live será em setembro. Conto muito com o carinho do público na minha próxima transmissão ao vivo. Em breve, vou divulgar a data certa e já já convido o pessoal para seguir o canal, afinal, é para o público que tenho produzido conteúdo e para quem eu só devo gratidão.    

Clique aqui para se inscrever no canal de Paulo Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar mensagem