O que sacia a alma: uma vida sem controle remoto

o-que-sacia-a-vida
A vida controlada por likes

Na vida, muitas vezes, as pessoas vem sendo tomadas por um turbilhão de informações que as fazem agir, quase que sem perceber, como se estivessem automatizadas.

São dominadas por meios de comunicação praticamente 24 horas por dia.

Um celular, que hoje, através da internet, beneficia-nos pela facilidade e pelo progresso da comunicação, tornou-se também uma extensão do próprio corpo.

Como se fosse um controle remoto, o celular movimenta e conduz as pessoas, ditando as regras de conduta; o que se deve consumir; como se deve comportar e se relacionar; o que se deve pensar; além de exacerbar o ego em menosprezo à essência humana.

A rotina diária se torna, então, guiada por este controle remoto, sem que as pessoas possam refletir previamente a respeito das informações que lhes são transmitidas e o que elas próprias compartilham com o mundo.

o-que-sacia-a-vida
Conecte-se às coisas simples

Assim, se desconectar passa a ser angustiante. O imediatismo é eminente, fazendo crescer o sentimento de ansiedade.

As proporções das emoções e das vivências passam a ser medidas através dos likes, comentários e visualizações do que se publica e compartilha nas redes sociais.

E dentro deste caos de uma vida controlada pelas redes sociais e meios de comunicações, o ser humano se perde de sua essência.

Mas, para amenizar tudo isso, ainda há formas de se lembrar do que é verdadeiramente necessário para uma vida sem controle remoto.

Basta que se recorde da lição dada pela raposa ao Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry: “O essencial é invisível aos olhos, só se vê bem com o coração”.

Ou talvez, quem sabe, a proposta do filósofo e psicoterapeuta alemão Bert Hellinger, que diz: “Não é o muito que sacia, e sim, o essencial”.

Isso pode, também, nos trazer à luz que o excesso das redes sociais limita e manipula, ao invés de alimentar a alma.

trem-da-vida

Siga o TREM

→ No Twitterhttps://goo.gl/6ZYWzc

→ No Instagramhttps://goo.gl/1Ez5UM

→ No YouTubehttps://goo.gl/afzw13

trem-de-ler

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *