Palhaço tenta roubar coração de mulher em espetáculo na escadaria do Municipal de SJDR

Palhaçada (imagem de divulgação)
Palhaçada (imagem de divulgação)

“Faço versos pro palhaço que na vida já foi tudo/Foi soldado, carpinteiro, seresteiro e vagabundo/Sem juízo e sem juízo fez feliz a todo mundo/Mas no fundo não sabia que em seu rosto coloria/Todo encanto do sorriso que seu povo não sorria”

Os versos de Sidney Miller contam a história nem sempre colorida da vida do palhaço. É cena parecida com essa que rola no espetáculo “A violinista e os palhaços”.

O evento acontece na escadaria do Teatro Municipal de SJDR, nesta sexta (27). Serão duas apresentações, uma às 16h e outra às 19h. Todas gratuitas.

Com uma mistura de circo, teatro e música, o mote da atração consiste em uma senhora que relembra seu passado, quando tinha 20 e poucos anos. Ela foi uma viajante que andava pelo mundo tocando violino.

Nessa errância musical sem fim, ela conheceu uma cidade diferente com pessoas diferentes. No meio desse monte de diferentes, estava um baloeiro maluco que também perambulava pelo mundo fazendo malabares e muita palhaçada.

O baloeiro se apaixonou pela violonista, que o descartou. Mas para conquistar o coração da donzela, o palhaço procurou um vidente maluco que o ensina a conquista-la. O grande mistério do espetáculo é a bagunça que o bufão vai fazer para tentar roubar a mulher.

A Companhia de Teatro Penduricalhos, formada em março de 2014 por músicos, atores e artistas circenses possui quatro integrantes, sendo o coordenador, malabarista e ator Guilherme Eduardo Teixeira, a atriz, figurinista e musicista Jade Pereira Marques Teixeira, o ator, malabarista e musico Marcelo Ambrósio Severino e o ator, músico e jornalista João Araújo.

Por: Douglas Caputo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *