Site do governo facilita consulta sobre quem tem direito ao abono. Até o momento 1,2 milhões de pessoas ainda não sacaram o dinheiro

É hora de sacar o abono. Veja como em novo site lançado pelo governo (imagens da internet)
É hora de retirar o abono. Veja como em novo site lançado pelo governo (imagens da internet)

Vai até 31 de agosto o prazo para que trabalhadores possam retirar o abono salarial do Governo. Para saber se a pessoa tem direito ao PIS/Pasep, o Ministério do Trabalho lançou um site de fácil consulta.

Basta digitar o CPF ou número de inscrição no PIS/Pasep e a data de nascimento que o sistema informa se o trabalhador tem dinheiro para sacar e como retirá-lo.

Quem tem direito ao PIS deve fazer o saque na Caixa Econômica Federal. Já quem tem direito ao Pasep, no Banco do Brasil.

Segundo o Ministério do Trabalho, cerca de 1,2 milhão de pessoas com direito ao abono ainda não retiraram o benefício, no valor de um salário mínimo (R$880).

O dinheiro que não for retirado até 31 de agosto volta para o Fundo de Amparo ao Trabalhador.

Quem recebe

O benefício é pago aos trabalhadores que receberam, em média, até dois salários mínimos por mês em 2014. É preciso estar cadastrado no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter trabalhado no mínimo 30 dias em 2014.

Além disso, o patrão tem que ter informado os dados do trabalhador corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do Ministério do Trabalho.

Quem nasceu de julho a dezembro recebe o benefício neste ano. Os nascidos entre janeiro a junho receberão no começo de 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *