Auxílio emergencial é prorrogado até outubro

O auxílio é destinado às pessoas de baixa renda afetadas pela covid-19. As novas parcelas vão custar ao governo R$18 bi

auxílio_emergencial

O governo Federal anunciou que vai prorrogar o auxílio emergencial até outubro. O prazo anterior previa o encerramento da ajuda em agosto.

O custo mensal do programa é R$9 bi. Uma medida provisória foi editada para que o governo possa abrir crédito extraordinário que vai subsidiar a prorrogação do auxílio.

As parcelas são de R$150 a R$375, dependendo do perfil. As famílias, em geral, recebem R$250. A família chefiada por uma mulher recebe R$ 375 e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

O auxílio é pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo.

Além disso, os beneficiários já devem ter recebido o auxílio em 2020, já que não houve novas inscrições.

Para quem recebe o Bolsa Família, vale a regra do valor mais vantajoso, seja a parcela paga no programa social, seja a do auxílio emergencial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar mensagem